Registro de Ponto por Geolocalização veja como funciona

Uma opção que os profissionais de RH que trabalham com equipes remotas não podem viver sem: registro de ponto por geolocalização.

Com certeza você já sabe o que é geolocalização, mas essa união de “marcação de ponto”, internet e GPS pode ser um assunto novo pra você, não é mesmo? Principalmente se você conhece somente o controle tradicional de marcação de ponto.

Nãos e preocupe! Caso ainda não conheça o controle de ponto por geolocalização, neste artigo vamos te apresentar do que se trata, além claro de suas principais vantagens.

Vamos começar?

Por que aderir à um sistema de registro de ponto por geolocalização?

O registro eletrônico de trabalho com geolocalização é ideal para equipes que não estão fisicamente trabalhando no escritório. É comum em muitas organizações terem funcionários que ficam longe do escritório durante grande parte do dia de trabalho devido a suas obrigações.

Na verdade, não é incomum que um funcionário passe mais tempo realizando suas tarefas fora do escritório do que presencialmente. Isso os impede de registrar seu horário de trabalho da mesma forma que o resto da equipe costuma fazer. Exemplos de pessoas que trabalham fora do escritório são:

  • Vendedores externos;
  • Engenheiros;
  • Motoristas;
  • Profissionais que organizam eventos;
  • Arquitetos;
  • Jornalistas;
  • Profissionais de propaganda;
  • E outros.

Além disso, trabalhar a distância é uma tendência que já desponta no horizonte de empresas de diversos setores, o que leva inevitavelmente os gestores e especialistas de RH a se ajustarem ao novo cenário.

A vantagen do registro de ponto por geolocalização durante a pandemia

Durante a pandemia do novo coronavírus, estimou-se que a grande maioria dos brasileiros estava trabalhando em home office.

E, tudo indica que essa nova modalidade de trabalho remota permanecerá em vigor por mais algum tempo, visto que diversas empresas estão cogitando tornar essa nova forma de trabalho permanente.

Quando se trata de gerenciamento de equipes à distância, para permanecer realizando o controle da jornada conforme determina o Artigo 2º da Lei 7.855 da CLT, é indispensável o uso de um sistema de ponto online (por aplicativo) que inclua a geolocalização.

Os registros de início e fim de jornada do trabalhador devem ser registrados nessa plataforma online, junto a posição geográfica do funcionário, desde que assim seja solicitado.

Com as informações geográficas, a empresa pode saber se o funcionário está registrando a entrada e o término da viagem no local combinado. Além disso, é possível direcionar o trabalho de acordo com a localização geográfica de cada funcionário, o que acaba levando a uma otimização das rotas e um aumento da eficiência da produção.

Além dessas vantagens, o registro de ponto por geolocalização também proporciona:

  • Que os funcionários remotos deixem de se atrasar e faltar frequentemente ao trabalho;
  • Uma administração inteligente das rotas de movimentação dos colaboradores;
  • O gerenciamento transparente e eficaz da jornada de trabalho;
  • O cumprimento de todos os requisitos determinados pela Lei Trabalhista;
  • O registro correto das horas extras trabalhadas;
  • A comprovação das rotas de deslocamento em caso de acidente de trabalho;
  • A modernização do escritório e dos processos da organização.

 

O trabalho remoto altera a dinâmica de interação entre as equipes e a forma como cada funcionário executa as tarefas diárias. O mesmo vale para o profissional de RH: sem as pessoas no escritório, os gestores precisam ter ferramentas que permitam acompanhar a jornada com a mesma qualidade.

Ou seja, é uma forma do RH fazer isso. Trabalhar monitorando o registro de ponto, sempre de acordo com a Lei. Outro ponto importante é que os direitos e obrigações dos trabalhadores também são garantidos à distância.

Como funciona o registro de ponto por geolocalização?

Geolocalização é uma tecnologia capaz de determinar a posição de uma pessoa com rapidez e precisão por meio de um sistema de coordenadas geográficas.

Como funciona? No caso do controle de pontos com geolocalização, o funcionário registra o início e o término da viagem. Desta forma, a empresa pode saber a posição geográfica em que foi realizada a marcação.

Para isso, não só precisa contar com um sistema de marcação de ponto por aplicativo, mas também oferecer funcionalidade de geolocalização. As informações de localização identificadas pelo dispositivo do funcionário são enviadas para esta plataforma.

Por parte do funcionário, ele deve possuir um dispositivo móvel (celular, computador ou tablet) no qual possa salvar o aplicativo de controle de viagens. Cada vez que você acerta o relógio, seu dispositivo envia os dados de localização para a empresa.

A função de geolocalização não só registra um ponto específico, mas também os roteiros de viagem dos funcionários. Desta forma, a empresa conhece os rumos que percorre durante o horário de trabalho, principalmente para os profissionais que estão em constante movimento.

 

Qual é o melhor sistema de registro de ponto por geolocalização?

Não há como errar na hora de escolher pelo melhor sistema, afinal, o melhor será aquele capaz de atender a todas as demandas da empresa.

Existem empresas que ainda nos dias de hoje utilizam as planilhas em folha de ponto. Dessa forma, para você encontrar o melhor, identifique adequadamente as necessidades reais e específicas do RH.

Para isso, basta pensar nas atividades que seriam altamente benéficas se fossem automatizadas e procure no mercado a empresa capaz de suprir essa necessidade.

Por exemplo, para empresas que possuem em seu quadro de funcionários muitos vendedores externos, o deslocamento constante e frequente é inevitável para a busca de outros profissionais e até mesmo de clientes.

Dessa forma, ter um sistema de registro de ponto online com funcionalidades limitadas pode não ser uma boa escolha, pois o serviço contratado precisará conter a função de geolocalização.

Além disso, pode ser que esses colaboradores trabalhem em jornadas diferentes, por exemplo, uns com 4 horas, outros com 6 horas e até mesmo alguns com 8 horas de jornada.

Para esse modelo, é importante ter como aliada uma plataforma que especifique uma jornada para cada trabalhador, oferecendo ainda a possibilidade de análise para que a empresa possa verificar se a jornada destinada a esses colaboradores realmente está sendo cumprida.

Além disso, é importante contar com uma opção que gere relatórios personalizados e monitore as horas extras para garantir o pagamento adequado da mesma.

Conclusão

Um software que automatiza tudo e garante os registros de geolocalização dos colaboradores quando necessário aumenta a eficácia da rotina do profissional de RH, que consegue manter sua rotina mesmo trabalhando remotamente.

O registro de ponto por geolocalização garante a execução das tarefas com a mesma qualidade do registro de ponto comum, além de automatizar o setor de RH e garantir excelentes resultados também para os colaboradores.

Veja outros Conteúdos

Um sistema de ponto pode trazer grandes vantagens para sua empresa

Data da postagem: 10/13/2021

Adicional Noturno

Data da postagem: 10/13/2021

Carteira de Trabalho Digital já é realidade

Data da postagem: 10/14/2021

O Negociado prevalece sobre o legislado – Lei 13467/2017

Data da postagem: 10/14/2021

Como escolher a jornada de trabalho ideal ?

Data da postagem: 10/14/2021

Conheça todas as vantagens de possuir um sistema de ponto eletrônico

Data da postagem: 10/14/2021

Selecione um departamento.

Administrativo/Financeiro

Opção 0

Comercial/Vendas

Opção 1

Suporte/Implantação

Opção 2

Seja uma Revenda

Canal de Revendas